segunda-feira, 27 de novembro de 2017

...






 O que me dói...
Talvez eu nunca consiga de fato expressar
Por que me faço de forte...
Quando nem eu mesma sei o que é isso!
Assim...
Estanco no peito
...o aperto!
Seguro na garganta
...o grito!
Abafo nos lábios
... o suspiro!
Engulo a seco
...o choro!
Contraio no âmago
... todas as dores!
Num parir interno...
de dissabores!


*
*
*

Tatiana Moreira








Nenhum comentário: